quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013

ENQUETE: Qual a sua situação trabalhista atual? Responda apenas se for Museólogo Graduado, Mestre ou Doutor.





Gostaríamos de conhecer como nossos leitores Museólogos estão atuando no mercado de trabalho. As opções de resposta são: Funcionário Público, Carteira de Trabalho, Empresário, Prestador de Serviço, Atuando em outra área e/ou Desempregado. Se estiver enquadrado em mais de uma dessas opções é permitido marcar mais de uma. Procure a Enquete em nossa página inicial e VOTE!!!

Não esqueçam de marcar a opção que fica no canto superior esquerdo da Página, caso contrário, seu voto não será computado.

15 comentários:

  1. Péssima!!!
    Depende de concursos. Me graduei em Museologia estou finalizando meu Doutorado na UFRJ,por sorte me formei em História na UFRJ. Vivo da área de História!!!!

    ResponderExcluir
  2. Muito boa. Já sou aposentada e atuo como autônoma. Tenho realizado pareceres de projetos culturais para a Secretaria de Cultura do meu estado, inventários de acervos museológicos, laudos de obras de arte para empresas e também planos museológicos.

    ResponderExcluir
  3. Já trabalhei em algumas empresas, todas terceirizadas, em cargos com atribuições relativas ao cargo de museólogo. No momento estou desempregada e estudando para concursos.

    ResponderExcluir
  4. Estou empregada, com carteira assinada , ganho bem o piso do COFEM para museólogo, porém minha alma necessita de paz, pois trabalho em uma instituição que a direção é de outra área sem conhecimento algum sobre o que é Museus sofro perseguição direto e a criatura é contra museólogo e ai é o inferno. Engulo todo dia um elefante de maldade o tempo todo,alias todo museólogo que passou por lá foi isso. Futuro? Muito estudo para passar em um concurso, pode melhorar ? não sei ,mas tenho esperança. Oremos !!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. NOS MEUS 35 ANOS DE MUSEU DA IMAGEM E DO SOM/RIO, TB TIVE Q MATAR UM LEÃO POR DIA.

      Excluir
    2. Você sobreviveu 35 anos muita coragem , será que irei sobreviver?!!!




      Excluir
    3. SÓ SOBREVIVE QUEM GOSTA DO Q FAZ, APESAR DOS PESARES. BOA SORTE!

      Excluir
  5. Sou funcionário público.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não esqueça de marcar a opção que fica no canto superior esquerdo da Página, caso contrário, seu voto não será computado.

      Excluir
  6. Não esqueçam de marcar a opção que fica no canto superior esquerdo da Página, caso contrário, seu voto não será computado.

    ResponderExcluir
  7. Marcia Esteves Cerqueira21 de fevereiro de 2013 10:14

    Péssima. Existem vários profissionais desempregados. Enquanto isso, nos museus, funcionários já aposentados continuam trabalhando. Em outros existem vagas mas a ocupação depende de concurso. Enquanto isso diretores de várias instituições reclamam a falta de funcionários. Uns dizem que a culpa é do Ministério do Planejamento...outros do IBRAM,que tem em seu quadro, funcionários que ocupam cargos em outras instituições públicas. Enquanto isso , para permanecer na função de museólogo, profissionais aceitam salários baixos, em torno de R$ 1.200,00, enquanto o concursado, ganha em média R$ 4.000,00.

    ResponderExcluir
  8. Trabalho na área de museus em universidade federal. Minha competência é colocada à prova a todo instante. O meio acadêmico tem uma grande desconfiança dos museólogos.

    ResponderExcluir
  9. É uma área conturbada!

    ResponderExcluir
  10. Péssima, aqui em Salvador Bahia trabalhar na área é indicação política, peixe, REDA de 2 anos por seleção curricular (peixe)... tá difícil viu, estou pensando em me jogar em outra graduação.

    ResponderExcluir